Arquivado para março, 2019

Quando fazer a remoção do dente do siso

Escrito por Clínica Corb em . Postado em Notícias

A cirurgia de extração do siso pode ou não ser necessária, isso será avaliado pelo seu dentista, podendo ser feita quando os dentes já nasceram ou nos incluso, aqueles que não irão nascer. Porém para tomar essa decisão, antes é necessário fazer alguns exames ortodônticos, como a radiografia, que determinará se a boca terá espaço suficiente para abrigar esses dentes.

A extração do siso deve ser feita em alguns casos específicos, caso os dentes estejam adequados a sua arcada dentária, o melhor é não mexer neles. Veja em quais situações são indicadas a remoção:

– Falta de acesso da escova para fazer a higienização adequada dos dentes;

– Pressão nos dentes ao lado, podendo resultar em traumas e perda do alinhamento dos demais dentes;

– Alteração na mordida;

– Alteração na fala provocada pelos sisos;

– Dentes do siso que não conseguem nascer por falta de espaço ou má posição;

– Infecções recorrentes como cárie ou doença periodontal;

– Sisos que estão em contato com a raiz de outro dente, podendo causar dor;

– Sisos que causam dores na face e no ouvido.

Podem existir algumas situações duvidosas e existem os melhores momentos para fazer a cirurgia, por isso faça todos os exames pedidos e siga as orientações do seu dentista tanto no pré quanto no pós cirúrgico.

  Fonte: http://grupoqualidadeemsaude.com.br/quando-fazer-a-remocao-do-dente-do-siso/

Ranger os dentes pode levar a dor facial

Escrito por Clínica Corb em . Postado em Notícias

Você acorda com dor de cabeça, na mandíbula e nos dentes? Pode ser que você tenha o hábito de ranger seu dente à noite, também conhecido como bruxismo. Muitos dentistas acreditam que esse hábito é causado por stress e ansiedade, mas também pode ser causado por desalinhamento dos dentes.

O que é bruxismo?

Bruxismo é uma condição que ocorre quando uma pessoa range os dentes. Pode acontecer durante o dia, mas geralmente ocorre subconscientemente à noite quando se está dormindo. Infelizmente esse hábito pode desgastar, fraturar ou até lascar os dentes, deixando-os sensíveis. Algumas pessoas acordam com dor na cabeça e na mandíbula devido à pressão dos músculos da mandíbula ao ranger os dentes. É a tensão, a ansiedade ou frustração que causa esse hábito? Pode ser que seus dentes não estejam alinhados corretamente, um mal também conhecido como má oclusão. Bruxismo pode causar DAT – Disfunção da Articulação Temporomandibular, um problema que ocorre com os músculos de mastigação da mandíbula. Qualquer que seja a causa, é melhor consultar um profissional para procurar medidas corretivas.

Maneiras de combater esse problema:

Muitos dentistas prescrevem placas de mordida noturnas como uma medida para impedir o bruxismo. Uma placa de acrílico rígida e transparente é usada nos dentes, superiores ou inferiores, para impedir o ranger inconsciente dos dentes. Fazer esta proteção é fácil. Seu dentista vai fazer um molde dos dentes e então o laboratório odontológico pode criar sua própria placa noturna customizada. Existem as placas plásticas das lojas que são menos caras, mas às vezes não se encaixam bem e podem ser desconfortáveis. Consulte seu dentista para determinar se você tem um problema com bruxismo e opções de tratamento. Uma vez que o stress é um dos muitos fatores envolvidos no problema, técnicas de relaxamento podem ajudar. Tente aquietar seu cérebro antes de ir para a cama. Tome um banho quente e relaxante, beba um copo de chá de ervas calmante antes de dormir, como camomila, e evite qualquer produto com cafeína.

As crianças podem ter hábito de ranger os dentes?

Ranger de dentes em crianças não é incomum. O ranger de dentes pode ocorrer em crianças experimentando stress ou problemas na escola, além de má oclusão de dentes. Se seu filho está rangendo os dentes durante o sono ou de dia, é melhor levá-lo para uma avaliação. Lembre-se que os danos aos dentes de leite podem ser arrumados, mas é melhor corrigir esses problemas antes da dentição permanente aparecer. Além disso, se seu filho reclamar de dor de ouvido sem evidência de infecção, o bruxismo pode ser a causa. Para crianças menores, ofereça algum relaxamento antes de dormir para ajudar a acalmá-las. Considere um banho quente, uma massagem suave, leite morno ou uma história relaxante. Crianças mais velhas também podem usar placas noturnas recomendadas por seu dentista.

Fonte: http://grupoqualidadeemsaude.com.br/ranger-os-dentes-pode-levar-a-dor-facial/

Câncer Bucal, uma realidade ignorada

Escrito por Clínica Corb em . Postado em Notícias

Suas visitas ao dentista devem ganhar um novo foco de atenção. De acordo com o último levantamento do INCA – Instituto Nacional de Câncer, são diagnosticados 14.700 novos casos de câncer bucal por ano. 5.400 acabam em morte por diagnóstico tardio. Por ser uma doença silenciosa, e pouco reconhecida, ampliar seu entendimento é fundamental para sua adequada prevenção.

Afinal de contas, o que é o câncer bucal? É o câncer que afeta lábios e o interior da boca. Dentro dela, devem ser observados gengivas, bochechas, o céu da boca e língua. Segundo o Dr. Marcelo Drummond, doutor em estomatologia, a maioria das manifestações se dá na mucosa, mas também pode atingir as glândulas salivares.

Os principais sintomas do câncer bucal são:

  • Feridas que não causam dor e não cicatrizam
  • Lesões e Manchas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, céu da boca e/ou bochecha.
  • Caroços no pescoço e rouquidão persistente.

A identificação dessas lesões pode ser feita pelo autoexame, mas o paciente terá dificuldades em acessar áreas posteriores da boca. Para um diagnóstico preciso a visita ao dentista é essencial.

Fonte: http://grupoqualidadeemsaude.com.br/campanha-nacional-odontologica-de-check-up-contra-o-cancer-bucal-2/

Copyright @ 2014 - Todos os direitos reservados a clinicacorb.com.br
Powered by Warp Theme Framework